Hyper-V Replica no Windows Server 2012 R2

Olá pessoal sejam todos bem-vindos ao Blog Jefferson Castilho.

O Tema de hoje é “Hyper-V Replica no Windows Server 2012 R2“.

Conteúdo: Neste artigo vou explicar e demonstrar como habilitar o recurso do Hyper-V Replica no Windows Server 2012 R2.

Introdução

O Hyper-V Replica é um recurso bastante interessante para quem tem uma infraestrutura de servidores que as vezes não contém um storage.

Lembrando que o mesmo só pode ser configurado entre dois hosts físicos de Hyper-V.

Cenário de testes do artigo

Cenário Inicial.

Cenário sem a configuração do Hyper-V Replica.


Cenário Proposto.

Cenário com o Hyper-V Replica habilitado e configurado.

Requisitos do Hyper-V Replica

Active Directory

Porta 80 /443 liberadas entre os hosts (Para trafego da Replica).

Role do Hyper-V Instalada.

Procedimento

Necessitamos habilitar a opção “Enable this computer as a Replica Server” em ambos os servidores nos passos abaixo.

  1. Em “Hyper-V Server Setting“.
  2. Clique na opção “Replication Configuration“.
  3. Marque a opção “Enable this computer as a Replica Server“.
  4. Marque a opção “Use Kerberos (HTTP).
  5. Selecione a opção “Allow replication from any authenticated server”.
  6. Clique em “OK“.

Após ter feito isso no Host01, faça o mesmo procedimento no Host02.

Caso deseje fazer a Replica entre sites, ou fora da empresa você pode usar a opção para uso de Certificado.

Agora já podemos iniciar o processo para habilitar a Replica, clique com o botão direito, selecione a opção “Enable Replication“.

Iniciará um wizard de configuração do Hyper-V Replica, clique em “Next“.

Nesta opção ” Specify Replica Server” iremos definir qual será o nosso servidor Replica, clique em “Browse“.

  1. Insira o hostname do servidor que iremos configurar a replica
  2. Clique na opção “Check Name” para validação do Dominio.
  3. Clique em “Ok“.

Após isso, clique na opção “Next“.

Em “Specify Connection Parameters

  1. Iremos manter a autenticação “Use Kerberos autentication (HTTP)”.
  2. Selecionar a opção “Compress the data that is transmitted over the network” (Opção que ajuda na compressão do pacote enviado diminuindo a utilização da Rede).
  3. Clique em “Next“.

Em “Choose Replication VHDs“, ele mostra o caminho e nome do VHD.

Clique em “Next“.

Em “Configure Replication Frequency“, opção que mostra qual a frequencia em que a Replicação ocorrerá entre os servidores, vamos manter “15 Minutos“, clique em “Next”.

Em “Configure Additional Recovery Points

  1. Selecione a opção “Create Additional hourly Recovery Points“. (Prefiro manter está opção selecionada para ter mais de um ponto de restauração, devido manter um ponto de restauração para caso haja falha no processo posso restaurar um anterior). Opção consome mais disco.
  2. Opção “Coverage provided by additional recovery points (in hours)” mantenha quanto tempo que você quer para ele criar um novo ponto de restauração.
  3. Em “Volume Shadowp Copy Service (VSS) snapshot frequency (in hours)” vou manter o padrão de 4 horas. O por que de habilitar está opção devido ter que realizar a replica de servidores de banco de dados, Exchange e outras aplicações para não ocorrer problemas com parada do serviço.
  4. Clique em “Next“.

Em “Choose Initial Replication Method

  1. Selecione a opção “Send initial copy over the network” que a copia será feita via rede, podemos realizar a opção para uma midia externa com a opção “Send initial copy using external copy“.
  2. Em “Schedule Initial Replication” podemos seleciona a opção “Start replication immediately“.
  3. Clique em “Next“.

Em “Sumary” teremos todas as configurações executadas no Wizard, após clique em “Finish“.

Iniciou o processo de “Enabling Replication“.

No processo de execução de replicação dos servidores que nem temos, vide imagem abaixo.

  1. Status do processo da replicação.
  2. Podemos ver no processo 2 que latencia da placa de rede aumenta quando inicio a replicação.
  3. E no processo “3” que o consumo de envio da placa está em “398 Mbps”.

O bom deste recurso do Hyper-V Replica é que podemos manter uma alta disponibilidade sem ter um Storage.

Em caso de dúvidas ou problemas na execução pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo artigo.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCGqCiZ6QDLEYJabVmgXFw6A/videos


Hyper-V – Habilitando Memoria Dinâmica no Hyper V Server 2012R2

hyper-v-logo

Olá pessoal sejam todos bem-vindos ao Blog Jefferson Castilho.

O Tema de hoje é “Hyper-V – Habilitando Memoria Dinâmica no Hyper V Server 2012R2   

Conteúdo: Neste video vou mostrar como habilitar a memoria dinamica no Hyper-V.

Em caso de dúvidas ou problemas na execução pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo artigo.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCGqCiZ6QDLEYJabVmgXFw6A/videos

 

Migração de Hyper-V

Bom pessoal hoje vou demonstrar como migrar um Servidor de Hyper-V de uma forma rápida e fácil.

Bom no cenário foi mantida os VHDX no mesmo local. Só foi feita a troca da máquina com a mesma Arquitetura de Processador.

Temos por padrão os arquivos XML e todas as informações na pasta C:ProgramDataMicrosoftWindowsHyper-V na qual essa é a pasta que mostra todos os dados de máquinas virtuais.

No caso abaixo vou mostrar migrar as máquinas do meu Servidor chamado Ultra.

Para meu servidor chamado “Hyper-V” que não tem nenhuma máquina virtual

 

Pontos Importantes

Aonde está a mágica? No meu servidor “Ultra” teremos que copiar a pasta chamada “C:ProgramDataMicrosoftWindowsHyper-V” para uma pasta local dentro do Servidor podendo ser no desktop pois esta pasta não tem direito de cópia para a rede.

E essa cópia tem que ser feita com o Serviço do Hyper-V em Status de “Parado” nos dois servidores.

Iniciar a transferência via rede para outro Servidor fora da pasta padrão sendo copiado no Desktop.

Após o termino da Transferência para o outro servidor abra o caminho “C:ProgramDataMicrosoftWindowsHyper-V” e copie tudo o que você transferiu do outro servidor. Após o termino abra o Hyper-V inicie o Serviço e verá todas as máquinas virtuais conforme na mensagem abaixo do Servidor de Hyper-V.

Dicas Importantes

Para quem trabalha com bastante Máquinas Virtuais é importante que seja realizado backup desta pasta nos Servidores de Hyper-V caso haja problema de perder seu servidor pode ter uma resolução mais rápida.

É bom sempre manter o mesmo caminho de rede ou letra do compartilhamento ou ISCSI Target dentro do Windows para não ter o mesmo problema.

O mesmo para as placas de rede.

Bom pessoal espero que tenham gostado, e até o próximo post.

Jefferson Castilho

Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCT
Blog: http://jeffersoncastilho.wordpress.com

 

 

 

Instalando o ADFS no Windows Server 2012 R2

Bom pessoal hoje vou demonstrar como instalar o ADFS no Windows Server 2012 R2. O ADFS consistem em serviço do Windows muito importante que uma das suas categorias é a Federação e o Single sign-on.

O ADFS (Active Directory Federation Services) é muito utilizados em ambientes do Office 365 que utilizam a federação para uma forma de autenticação uma maior Segurança de seu Ambiente.

“Pré Requisitos”

Para realizar a instalação são necessários um Servidor com Active Directory (AD)

Outro equipamento para o ADFS.

Para começar sera necessário abrir o “Server Manager” e nele selecionar a opção “Add roles and features”

Clique em “Next”

Selecione a opção “Role-based or feature-based installation” e “Next”

Selecione o servidor a ser instalado e “Next”

Selecione a Role “Active Directory Federation Services” e clique em “Next”.

Na descrição abaixo ele mostra um “Overview” do “ADFS”, após a leitura “Next”

Último passo antes da instalação, pode selecionar a opção de “Restart” e “Install”

Irá iniciar a instalação do ADFS.

Após o termino da instalação você pode selecionar a opção “Configure the federation service on this server” para iniciar a configuração do ADFS, ou manter a opção “Close”.

Bom pessoal espero que tenham gostado, e até o próximo post.

Jefferson Castilho

MS_2013(rgb)_1579 MCP_2013(rgb)_1519 MCITP_2013(rgb)_1442

Dicas da Prova 74-409 – Server Virtualization with Windows Server Hyper-V and System Center

Bom pessoal hoje vou escrever algumas dicas a respeito do exame 74-409 “Server Virtualization with Windows Server Hyper-V and System Center” que realizei e passei.

É um prova bem difícil e complexa, ela aborda muito System Center com Integração do Hyper-V no Windows Server 2012 R2, Cluster, bom abaixo segue alguns materiais que eu usei de estudo que me ajudaram na prova.

Overview da Prova

Link

MVA – Curso muito bom e importante para pretende prestar a prova.

Link

MVA de Hyper-V Alta disponibilidade do Vinicius Martins.

Link

Mais algumas ferramentas que são bem necessárias de estar estudando que caem como Pré-Requisito.

System Center 2012 R2 Virtual Machine Manager (VMM)

System Center 2012 R2 Operations Manager

Windows Server 2012 R2

System Center 2012 R2 Data Protection Manager (DPM)

Performance and Resource Optimization (PRO)

System Center Global Service Monitor

NIC teaming

Resource Metering

Temos também muito Cluster de Hyper-V 2012 R2 com as ferramentas de Monitoração e Administração do System Center.

Em caso de dúvidas ou problemas na execução pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo artigo.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: https://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCGqCiZ6QDLEYJabVmgXFw6A/videos