Pular para o conteúdo

Criando um Public IP Prefixes na Azure

criando_um_public_ip_prefixes_na_azure_01

Criando um Public IP Prefixes na Azure

O tema de hoje é sobre como estar Criando um Public IP Prefixes na Azure.

Caro leitor, antes de tudo seja bem-vindo ao Blog Jefferson Castilho.

Neste artigo vou mostrar como podemos uma estrutura de Prefixos de IP dentro da Azure.

Como que funciona a estrutura de Prefixos de IPS na Azure, Você pode usar de duas forma ou para um unico IP Publico ou para um Range de IP´s que serão alocados para você.

No /28 temos 16 ips que no exemplo

No processo de alocação podemos fazer ele de algumas formas, entre elas usamos os barramentos por exemplo.

  • /28 – Com 16 IP´s por exemplo temos 200.200.200.200 até o 216
  • /29 – Com 8 IP´s por exemplo temos 200.200.200.200 até o 208
  • /30 – Com 4 IP´s por exemplo temos 200.200.200.200 até o 204
  • /31 – Com 2 IP´s por exemplo temos 200.200.200.200 até o 202

Recurso já disponível com o IPV6.

Assim podemos ter mais IP´s em nossa infraestrutura. Temos um ponto importante que podemos usar um IP´s que seja nosso usando a opção Custom IP Prefix (BYOIP)

Para saber mais clique no link abaixo.

Link – https://docs.microsoft.com/en-us/azure/virtual-network/ip-services/custom-ip-address-prefix]

Para efetuar a criacao temos que selecionar a opção “Public IP Prefixes” no menu de busca de produto do Azure, opção “Create”.

criando_um_public_ip_prefixes_na_azure_06

No processo de criação do public ip prefixes temos alguns step que serão necessarios para a efetividade do serviço

  1. Assinatura que deseja incluir o serviço.
  2. Criar ou usar um Resource group existente.
  3. Nome do recurso.
  4. Region que deseja criar o prefixo de ip.
  5. Versão do IP, em nosso caso iremos utilizar o IPV4.
  6. Em Prefix ownership iremos utilizar o provido pela Microsoft, mais neste caso foi o que eu citei no artigo acima com a questão de ter seu próprio IP Address na Azure.
  7. A quantidade de IP´s que desejamos em nosso caso de exemplo iremos usar um /30.
  8. Próximo passos para obter a criação.

Neste passo iremos utilizar as tags do ambientes.

Caso esteja tudo certo podemos selecionar a opção de “Create”.

Após isso teremos o recurso provisionado com sucesso.

Terminando de acordo que é provável que conhece as minhas redes sociais.

Antes de tudo você conhece as minhas redes sociais? da mesma forma no canal no Youtube? entretanto nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Você que apesar de usar o Facebook pode curtir.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho

Com o fim de que voce pode assinar a Newsletter do meu canal do Youtube.

Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Da mesma forma que voce pode me seguir pelo Twitter.

Twitter: https://twitter.com/je_will

Com o intuito de em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Aliás obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Microsoft Azure)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: