Conhecendo a ferramenta do Windows Server Honolulu

Conhecendo a ferramenta do Windows Server Honolulu

Caro leitor, seja bem-vindo ao Blog Jefferson Castilho.

Fico muito grato com sua visita, o tema de hoje é, conhecendo a ferramenta do Windows Server Honolulu.

Para quem não sabe a Microsoft Lançou na semana passada uma ferramenta de Gerenciamento de Servidores Windows chamada Honolulu.

Essa ferramenta consiste no gerenciamento unificado de Servidores para a substituição do recurso do Windows chamado “MMC” (Microsoft Management Console) que era comum e instalado nas versões de Windows Server.

Com ela podemos ter praticamente todas as Features centralizadas em uma console Web de uma forma bem intuitiva.

Com ela podemos gerenciar 3 Recursos que são muito utilizados dentro do mundo Microsoft.

  • Server Manager
  • Failover Cluster Manager
  • Hyper-V Converged Cluster Manager

Nesta imagem temos o comparativo das Soluções “Hyper-V Converged Solutions” que mostra aonde o Projeto Honolulu se encaixa.

Neste vídeo podemos conhecer um pouco da ferramenta do Honolulu.

Abaixo segue algumas imagens da Interface do Honolulu.

 

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Instalando a Feature do Hyper-V no Windows 10

Instalando a Feature do Hyper-V no Windows 10

Caro leitor, seja bem-vindo ao Blog Jefferson Castilho.

Fico muito grato com sua visita, o tema de hoje é. Instalando a Feature do Hyper-V no Windows 10

Para quem não sabe, o Hyper-V é o sistema de Virtualização da Microsoft Nativo do Windows Server 2008 que vem sendo melhorados nas versões mais atuais.

Hoje irei explicar como podemos utilizar ele no Windows 10. Isso mesmo dentro do Windows Client nas Versões do Windows 10 Profissional / Enterprise podemos utilizar esta feature.

No link abaixo eu fiz um vídeo que eu explico o mesmo passo a passo do artigo abaixo.

Link do Vídeo

Selecione a opção “Programs and Features”.

Selecione a opção chamada “Turn Windows feature on or Off”.

Em “Windows Feature” selecione a opção chamada “Hyper-V” e as demais opções do Hyper-V descritas na imagem abaixo.

Iniciará o processo de instalação da Feature do Hyper-V no Windows 10.

Neste processo já estamos aplicando as configurações do Hyper-V.

O processo foi concluído com sucesso, selecione a opção “Restart Now”.

Após o processo de Restart podemos selecionar o menu iniciar e digitar “Hyper-V Manager”.

Com isso teremos a feature do Hyper-V Instalada no Windows 10.

Neste artigo aprendemos como instalar o Hyper-V no Windows 10. Um recurso bastante utilizado para os administradores de redes.

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Habilitando o Nested Virtualization no Windows 10

Habilitando o Nested Virtualization no Windows 10

Caro leitor, seja bem-vindo ao Blog Jefferson Castilho.

Fico muito grato com sua visita, o tema de hoje é. Habilitando o Nested Virtualization no Windows 10.

Para quem não conhece o Nested Virtualization é o recurso que você pode virtualizar o Hyper-V dentro de uma máquina virtual. Isso mesmo dentro de uma máquina Virtual.

No vídeo mostro todo o processo de como habilitar o Nested Virtualization.

Neste vídeo mostro como podemos habilitar o Nested Virtualization para que possamos instalar o Hyper-V dentro de uma VM no Windows 10. Para isso temos que ter alguns cuidados.

  • A máquina virtual que hospedará o Hyper-V tem que ter 4GB de memória.
  • Desabilitar o Dinamic Memory

nestedvirtualization1

  • A VM tem que ter 2 VCPU´s ou mais.

nestedvirtualization2

  • Temos que habilitar a opção chamada MAC Address Spoofing.

nestedvirtualization3

Após estes procedimentos estamos aptos a executar os comandos para habilitar o Nested Virtualization.

Para efetuar a configuração são necessárias a execução do comando “Get-VM” listar as VM´s que iremos selecionar para a configuração.

GET-VM

nestedvirtualization4]

Com o comando abaixo podemos validar as informações da VM e validar o recurso chamado “ExposeVirtualizationExtensions” que está com a opção “false” o mesmo é responsável por habilitar a opção do Hyper-V Plataform.

Para isso devemos executar o comando “Get-VMProcessor -VMName NOME DA VM | FL *” que teremos as informações do recurso.

nestedvirtualization5

E por último temos que habilitar a opção chamada “ExposeVirtualizationExtensions” que fica “True”.

Set-VMProcessor -VMName NOMEDAVM -ExposeVirtualizationExtensions $true

nestedvirtualization6

Após isso teremos a opção do “Hyper-V Plataform habilitada no Windows 10.

Neste artigo aprendemos como habilitar o Nested Virtualization dentro do Windows 10.

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Criando Unidade de DVD em uma VM no Windows Server 2016

Mixed Tecnology Influence

Criando Unidade de DVD em uma VM no Windows Server 2016

Caro leitor, seja bem-vindo ao Blog Jefferson Castilho.

Fico muito grato com sua visita, o tema de hoje é Criando Unidade de DVD em uma VM no Windows Server 2016.

Este vídeo é para mais uma campanha do MTI. Neste vídeo mostro como você inserir uma unidade de DVD dentro de uma Máquina Virtual criada na Geração 2 no Hyper-V no Windows Server 2016.

Segue o vídeo explicativo que mostra o passo a passo.

 

Para quem não sabe a Geração 2 de máquinas virtuais traz diversas novidades como algumas abaixo.

  • Nativo das versões do Windows Server 2012 R2 em diante.
  • Removido o conceito do “IDE Controller” no lugar sendo mantida a opção de “SCSI Controller”.
  • Na opção de SCSI Controller você pode inserir até 63 Discos virtuais ( ou seja você pode inserir até 63 VHDX em uma VM).
  • Suporte a Firmware UEFI (Unified Extensible Firmware Interface).
  • Instalação via PXE usando um adaptador de rede padrão
  • Instalação por meio de um disco rígido virtual de SCSI
  • Instalação por meio de um DVD virtual de SCSI
  • Inicialização segura (habilitada por padrão)

Na geração 2 quando criamos uma VM no Windows Server não vem com a unidade de DVD incluída. Sendo necessário a inclusão que está adicionado no vídeo acima.

Como na geração 1 já vinha quando era criada uma VM por Default.

Bom como podemos ver a geração 2 de VM´s nos traz bastantes opções em comparação com a geração 1. Para quem ainda usa a Geraçao 1 nas VM´s aconselho a mudar

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Como criar um NIC Teaming no Windows Server 2016

nic teaming

Como criar um NIC Teaming no Windows Server 2016

Caro leitor, seja bem-vindo ao Blog Jefferson Castilho.

Fico muito grato com sua visita, o tema de hoje é “Nic Teaming Windows Server 2016“.

NIC Teaming

O “NIC Teaming” é um recurso no qual você pode agrupar duas placas de redes distintas fazendo com que várias interfaces se comportem como uma interface. Nativo da versão do Windows Server 2012

Utilizo este cenário em ambiente no qual preciso segregar placas de redes físicas no Hyper-V ou por rede segmentadas por Vlan.

Muito utilizada em ambiente de Cluster de Hyper-V para manter uma alta disponibilidade também nas interfaces de rede.

nic-teaming

No cenário acima temos 4 interfaces de redes Físicas no qual foram agregadas no “NIC Teaming”.

Este será o cenário utilizado no artigo abaixo.

Conforme mencionado, vide na imagem abaixo temos 4 interfaces de Redes renomeada como “NIC01” “NIC02” “NIC03” e “NIC04”.

nic-teaming01

Para iniciar o processo, precisamos selecionar a opção “Server Manager” / “Local Server”.

nic-teaming02

Selecione a opção “NIC Teaming” estará como “Disable”. Clique na opção “Disable” para iniciarmos o processo de configuração.

nic-teaming03

Na opção do NIC Teaming temos a opção “Adapters and Interfaces” teremos as 4 interfaces que serão configuradas.

Para iniciarmos a configuração teremos que selecionar a opção “Tasks” / “Add to New Team”.

nic-teaming04

Em “New Team” temos que configurar alguns passos que são importantes para a criação dos Team´s.

Team Name – Será o nome do team que é “Team01”.

Member Adapters – Opção na qual selecionamos as Interfaces de Rede que no caso do “Team01” será a “NIC01 e NIC02”.

Additional properties – Temos as opções que podemos configurar o “Team”.

Teaming Mode Temos a opção que vem por Default “Switch Independent”.

Load Balancing Mode: Temos a opção que vem por Default “Address Hash”.

Standby Adapter: Nesta opção podemos manter todas as interfaces de Rede Ativas. Ou manter uma interface que ela seja a primaria e as demais ficam em “Standby”. Mais iremos manter a opção “None (all adapters Active) que mantenho todas as interfaces ativas e fazendo balanceamento entre elas.

nic-teaming05

E por último a opção “Primary team Interface” que podemos selecionar caso você tenha que “Team” navegar em uma Vlan especifica.

Como nosso caso em nosso cenário não temos uma Vlan especifica mantemos a opção “Default”.

Em um ambiente com Vlan você pode selecionar a opção “Specific VLAN” e mantenha o número da VLAN que está configurado em seu Switch. Após selecione a opção “OK”.

nic-teaming06

Selecione “OK”.

nic-teaming07

Após este processo ele irá criar o processo do Team. Em “Teams ele irá mostrar a criação dos Teams.

nic-teaming08

Vide imagem que o “Team01” foi criado utilizando as interfaces. Para criação “Team02” efetuei o mesmo processo.

nic-teaming09

Efetuei o mesmo processo de criação para o “Team02” na imagem abaixo mostra que temos a criação dos dois Team´s.

nic-teaming10

Nas opções de “Network” do servidor teremos as 4 interfaces e os dois Team´s criados.

nic-teaming11

Um recurso bastante interessante para quem quer ter uma alta disponibilidade de interfaces de rede sem ter nenhum custo.

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Criando uma Virtual Machine no Hyper-V Server 2016

Virtual Machine

Criando uma Virtual Machine no Hyper-V Server 2016

Caro leitor, seja bem-vindo ao Blog Jefferson Castilho.

Fico muito grato com sua visita, o tema de hoje é “Criando uma Virtual Machine no Hyper-V Server 2016 “.

Em mais uma campanha do Grupo MTI, estamos trabalhando voltado para a campanha de artigos “Nível 100”.

Para quem não sabe a Microsoft está perto de Lançar o Windows Server 2016 que está na Technical Preview 5 cheio de novidade.

Neste vídeo abaixo, irei demonstrar como você criar uma VM (Virtual Machine) no Hyper-V que está hospedado dentro do Windows Server 2016 TP5.

Lembrando que o processo de criação de uma “Virtual Machine” é facil mais tem alguns passos fundamentais que foram colocados no video.

  • Procure sempre trabalhar com Discos “Fixos” por que além de trazer uma otima performance de IO. Você não se preocupa com o crescimento de espaço em disco.
  • Discos dinâmicos são criados, quando a máquina virtual não vai ter muito crescimento de disco. Por exemplo não podemos usar este disco para uma execução de um Banco de Dados que precisará de bastante consumo de disco. E uma ótima performance de IO de disco.
  • Discos Diferencias: Muito utilizado em ambientes de Laboratorio. Não indico a criação em ambiente produtivo devido a forma que ele utiliza de discos Pai. Caso você tenha a perda da Matriz do disco virtual terá a perda de suas VM´s agregadas no disco Pai.
  • Snapshot: Muito pensam que é um backup, mais não sabem o problema que é quando se cria um Snapshot se pensando neste formato. O Snapshot nasceu de uma metodologia de aplicação de testes para que seja possivel ser feito um merge em caso de sucesso de seu teste, ou uma exclusão voltando ao estado original da VM.

Para quem não conhece o Hyper-V Server é o serviço de Virtualização que a Microsoft inclui quando voce tem um licenciamento de uma versão de Windows Server.

Sendo que ele vem presente nas versões do Windows Server 2008 e R2 nas opções Standard / Enterprise / Datacenter.

No Windows Server 2012 / R2 ele está presente nas versões Standard / Datacenter.

Ficou interessado em conhecer o Hyper-V? e não sabe como instalar segue os links abaixo.

No 1 artigo ensino como você instalar no Windows 8.

http://jeffersoncastilho.com.br/blog/2015/05/25/instalando-o-hyper-v-no-windows-8/

No 2 artigo como você pode instalar no Hyper-V Server 2008R2.

http://jeffersoncastilho.com.br/blog/2014/08/15/instalandoohyper-vserver-2008r2-modo-core/

No 3 artigo explico como você pode instalar no Hyper-V Windows Server 2016

http://jeffersoncastilho.com.br/blog/2015/11/13/hyper-v-instalando-a-role-do-hyper-v-no-windows-server-2016-tp3/

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Hyper-V – Conversão de Disco VHD para VHDX

VHD para VHDX

Hyper-V – Conversão de Disco VHD para VHDX

MTI_Jefferson_Castilho

Olá pessoal sejam todos bem-vindos ao Blog Jefferson Castilho.

O Tema de hoje é “Hyper-V – Conversão de Disco VHD para VHDX,“.

Em ação conjunta com o Grupo do “MTI – Mixed Technology Influencers” é um grupo idealizados por MVP´s / MTAC´s / Experts da comunidade que tem como ação trabalhar temas mensais, neste mês estamos trabalhando com o tema do “Virtualização”.

No video abaixo sobre VHD para VHDX

Para quem não sabe essa de Conversão de VHD para .VHDX, você irá ganhar bastantes benefícios que você terá com o Hyper-V.

Lembrando que este processo de conversão Conversão de VHD para .VHDX você não poderá retornar após o processo executado uma vez. Bom para isso tome muito cuidado neste processo.

Ficou interessado em olhar o material do MTI segue alguns links que já foram publicados.

Tema: Introdução à virtualização
Autor: Sergio Figueiredo
Link: http://bit.ly/introducao-virtualizacao-fb

Tema: Nested Virtualization – Virtualização dentro de virtualização
Autor: Rafael Bernardes
Link: http://bit.ly/nested-virtualization

Tema: O que é SaaS, IaaS e PaaS em Cloud Computing?
Autor: Leandro Vaz
Link: http://bit.ly/1TqlwcJ

Tema: Visão geral do VDI
Autor: Jackson Lima
Link: http://bit.ly/1WFDOKq

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Convertendo uma Máquina Física para Virtual para Hyper-V (P2V)

P2V

Convertendo uma Máquina Física para Virtual para Hyper-V (P2V)

MTI_Jefferson_Castilho

Convertendo uma Máquina Física para Virtual para Hyper-V (P2V)

Olá pessoal sejam todos bem-vindos ao Blog Jefferson Castilho.

O Tema de hoje é “Convertendo uma Máquina Física para Virtual para Hyper-V (P2V)“.

Em ação conjunta com o Grupo do “MTI – Mixed Technology Influencers” é um grupo idealizados por MVP´s / MTAC´s / Experts da comunidade que tem como ação trabalhar temas mensais, neste mês estamos trabalhando com o tema do “Virtualização”.

O Processo acima é executado com a ferramenta chamada Disk2VHD, muito usada para conversão de máquinas físicas para virtuais.

Caso você tenha duvidas no artigo do blog eu explico a mesma opção do vídeo acima.

Neste artigo eu mostro como você converter uma máquina física para virtual usando o disk2vhd

http://jeffersoncastilho.com.br/blog/2015/02/15/clonar-maquina-fisica-para-virtual-disk2vhd/

Para conhecer mais sobre está ferramenta da Sysinternals. Clique no link abaixo.

P2V

Disk2VHD

https://technet.microsoft.com/en-us/sysinternals/ee656415.aspx

Ficou interessado em olhar o material do MTI segue alguns links que já foram publicados.

Virtualização – Conceitos e Porque Virtualizar – Mateus Wolff
http://bit.ly/conceitovirtualizacaoMTI
Instalação e configurações iniciais do Hyper-V Server 2012 R2 – Eduardo Popovici
http://bit.ly/1QT43Vu
Laboratórios virtualizados, dicas para economizar espaço – Rafael Bernardes
http://bit.ly/discos-diferenciais
Memória Virtual no Hyper-V – Nathan Pinotti
http://bit.ly/hypervmemory
Configurando a réplica no Hyper-V do WS2012 R2 – Eduardo Popovici
http://bit.ly/1VJLj2E
Mantenha o Hyper-V e o VMWare instalados no mesmo equipamento Host – Eduardo Popovici
http://bit.ly/1Uzkpth
Alguns comandos do PowerShell para o Hyper-V 3.0 (dica do MCT) – Eduardo Popovici
http://bit.ly/1ZcuL1p

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Webcast Mundo TI Brasil – VIRTUALIZAÇÃO COM HYPER-V E SEUS CONCEITOS

Olá pessoal sejam todos bem-vindos ao Blog Jefferson Castilho.

O Tema de hoje é “Webcast Mundo TI Brasil – VIRTUALIZAÇÃO COM HYPER-V E SEUS CONCEITOS”.

Nesta terça-feira dia 15/12/2015 tive o prazer de estar palestrando no Mundo TI Brasil com o tema de Virtualização com Hyper-V e seus Conceitos, onde eu explico os conceitos de discos, memoria, processadores, e apresento uma demo que explico cada tipo de discos e qual sua melhor funcionalidade para ambientes em produção e laboratórios.

Em caso de dúvidas ou problemas na execução pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo artigo.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: https://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: http://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCGqCiZ6QDLEYJabVmgXFw6A/videos

 

Hyper-V – Criando um Virtual Switch com o Windows Server 2016

Blog

 

Olá pessoal sejam todos bem-vindos ao Blog Jefferson Castilho.

O Tema de hoje é “Hyper-V – Criando um Virtual Switch com o Windows Server 2016”.

O Virtual Switch é um recurso utilizado dentro do Hyper-V para comunicação de suas máquinas virtuais com o Host Físico de Hyper-V, ou seja sem ele suas máquinas virtuais não se comunicam com a rede e entre elas.

Neste vídeo vou mostrar como criar um virtual switch no Windows Server 2016 com o Hyper-V instalado.

Em caso de dúvidas ou problemas na execução pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo artigo.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCGqCiZ6QDLEYJabVmgXFw6A/videos