Diminuindo o tamanho da pasta WINSXS no Windows Server 2012 R2

Diminuindo o tamanho da pasta WINSXS no Windows Server 2012 R2

Olá pessoal sejam todos bem-vindos ao Blog Jefferson Castilho.

O Tema de hoje é “Reduzindo o tamanho da pasta WINSYS no Windows Server 2012 R2“.

Para que serve a WINSXS?

Ela serve para armazenar as versões de arquivos para manter umas compatibilidades de vários programas, como atualizações do Windows Update e pacotes de Instalação de Features.

Como podemos ver nesta temos aproximadamente quase 7GB na pasta WINSYS.

Tamanho da pasta Winsxs

Como podemos ver nesta dica iremos abordar a remoção dos binários das Features que vem por default no SO. Após este procedimento caso for instalar alguma Role ou Feature será necessário a execução com o DVD do Windows Server 2012 R2.

Caso tenha dúvidas tenho um outro artigo que mostra como realizar o processo via DISM. “Reduzindo tamanho da Pasta WINSXS“.

Ponto importante

É bom saber que não podemos excluir a pasta WINSXS direto pelo Explorer, podendo acarretar grandes problemas no Sistema Operacional.

Execute o PowerShell em modo elevado para não ter problemas.

Uma dica importante é você executar o comando “Get-WindowsFeature” para listar todas as Feature.

Winsxs

Ele irá mostrar todas as Feature disponíveis no Windows Server, as com a opção “Available” ele irá remover os binários que se encontram na pasta. Após a execução deste comando abaixo no post ele irá remover esses binários como dito no post acima.

Tamanho da pasta Winsxs

Para a execução e remoção dos binarios podemos executar o comando “Get-WindowsFeature | Where-Object -FilterScript { $_.Installed -Eq $False } | Uninstall-WindowsFeature –Remove” dentro do PowerShell.

Tamanho da pasta Winsxs

Será iniciado o PowerShell com a execução e andamento do processo.

Tamanho da pasta Winsxs

Na opção “Sucess” tem que estar a opção de “True” que mostra que o comando foi executado com sucesso. Caso venha aparecer nesta opção algum erro procure refazer o processo novamente.

Tamanho da pasta Winsxs

Depois de todo o processo executado podemos ver que foi liberado 1.5GB de arquivos da pasta WINSXS.

Tamanho da pasta Winsxs

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Adicionando um disco novo no Cluster no Windows Server 2012R2

images

Olá pessoal sejam todos bem-vindos ao Blog Jefferson Castilho.

O Tema de hoje é “Adicionando um disco novo no Cluster no Windows Server 2012R2“.

Introdução

O Cluster do Windows é uma funcionalidade muito útil para quem tem um ambiente que não pode ter paradas durante o dia-dia.

Requisitos

  • Lun de comunição do ISCSI ou FiberChannel
  • Ou disco local no Servidor.

Procedimento

Neste procedimento iremos aprender como adicionar um disco no Cluster com a entrega de uma Lun de ISCSI.

No console de gerenciamento do Failover Cluster Manager em Storage / Disk selecione a opção “Add Disk”.

Selecione o disco em questão a ser adicionado ao Cluster clique em “OK”.

Após o disco ser adicionado a unidade de discos do Cluster, agora vamos inserir este disco como um membro do Cluster para ser um CSV (Cluster Shared Volume).

Para isso selecione a opção “Add to Cluster Shared Volume”.

Como podemos ver na opção “Assigned To” o disco “Cluster Disk 5” já aparece com a opção “Cluster Shared Volume”.

Para validarmos se o disco foi inserido no Cluster, podemos ir no servidor pertencente ao Cluster na pasta “C:ClusterStorage” lá você terá os volumes criados e adicionados ao serviço de alta disponibilidade.

Conclusão

Podemos aprender neste artigo como criar um disco em alta disponibilidade com a Feature do Failover Cluster.

Em caso de dúvidas ou problemas na execução pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo artigo.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCGqCiZ6QDLEYJabVmgXFw6A/videos

Configurando o NIC Teaming no Windows Server 2012

windows-essentials-2012-18-700x393

Neste artigo iremos aprender como Criar o NIC Teaming no Windows Server 2012. Lembrando que é um procedimento bastante interessante e um novo recurso no Windows Server 2012.

No Windows terá que estar no “Server Manager” clique em “Manage” e selecione a Opção “Configure NIC Teaming”

1

Irá abrir o “NIC Teaming” clique na primeira interface de rede e selecione “Add to New Team”

3

Em “New Team” de um nome para as Interfaces no Exemplo “Interfaces_Teste” seleciona as interfaces que serão configuradas no Failouver, voce tem a possibilidade de manter uma Interface em “Standby Adapter”, mais no exemplo iremos trabalhar com as duas mantendo a opção “None (All Adapters Active)” e Clique em “OK”

3

Foi criado o Faiolver das placas conforme mostra em “TEAMS” com status de “OK”.

4

Pronto feito isso é só acessar as propriedades de rede do Servidor que terá as 2 placas configuradas, e o array das placas criado.

5

Bom pessoal é isso até o próximo post da Equipe MSInfra.

Jefferson Castilho

Instalando o Windows Deployment Services (Serviços de Implantação do Windows)

Bom pessoal hoje neste post vou mostrar como realizar a Serviços de Implantação do Windows (Windows Deployment Services).

No que consiste este serviço, ele realiza a unificação de Imagem de Sistema Operacionais Windows nas quais podem ser criadas imagens Customizadas, ou mesmo imagens padrões dos Sistemas Operacionais.

O mais legal do Serviços de Implantação do Windows (Windows Deployment Services) é que você pode realizar a instalação do sistema operacional pela rede, facilitando o trabalho e administração dos equipamentos de sua rede.

O Ambiente criado para a demonstração tem um Domain Controller, e um outro servidor Virtual para instalação do Serviços de Implantação do Windows (Windows Deployment Services).

Bom vamos iniciar a instalação.

Para realizar a instalação você terá que ir em Gerenciador de Servidor / Adicionar Funções e Recursos.

Após isso clique em “Próximo”

Selecione a opção “Instalação baseada em função de recursos” e clique em “Próximo”

Mantenha a opção “Selecionar um servidor no pool de Servidor” e clique em “Próximo”.

Em “Função do Servidor” selecione a opção de “Serviços de Implantação do Windows”.

Após selecionar eles mostrará que irá realizar a instalação de mais algumas informações que são necessária para o funcionamento do “Serviços de Implantação do Windows”.

Clique em “Próximo”

Clique em “Próximo”

Neste opção ele te mostrará um pouco como funciona o Serviço de Implantação do Windows, após a leitura clique “Próximo”

Mantenha as duas opções selecionas “Servidor de Implantação” e “Servidor de Transporte” e clique “Próximo”

Neste passo é interessante habilitar a opção “Reiniciar cada servidor de destino automaticamente, se necessário”, clique “Instalar”

OBS: Importante lembrar se caso esteja instalando o WDS com um servidor que esteja com outra Features em Produção deixe a opção de “Reiniciar” desabilitada.

Bom o processo de instalação será iniciado

Ele instalado e operacional já

.  

Em caso de dúvidas ou problemas na execução pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo artigo.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: https://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCGqCiZ6QDLEYJabVmgXFw6A/videos

Removendo a função de Active Directory e Despromovendo o Domain Controller

Neste tutorial iremos demonstrar como remover a função do Active Directory Domain Services com ele já instalado e publicado como Domain Controller.

Com o servidor ativo você terá que ir em “Gerenciador de Servidor”

Selecione a opção “Adicionar funções e recursos”.

Com o “Assistente de Adição de Funções e Recursos” aberto, selecione a opção “Inicie o Assistente de Remoção de Funções e Recursos”.

 

Em “Assistente de Remoção de Funções e Recursos” selecione a opção “Próximo”.

 

Neste passo irá mostrar qual servidor você poderá desinstalar as funções, Selecione o Servidor e Clique “Próximo”.

Com a opção do Serviço de Domínio Active Directory selecionado, desmarque a opção aparecerá uma janela informando se deseja “Remover Recursos” clique nela.

Opção irá demorar um pouco para realizar porem se estiver realizando a primeira vez ele acusará um erro informando que é necessário “Rebaixar este controlador de Domínio”.

Logo após abrirá o “Assistente de Configuração do Serviço de Domínio Active Directory” no qual ele mostra o usuário que irá realizar despromover o Domain Controller.

Vale ressaltar que a função só será desinstalada por completa quando o Domain Controller for despromovido. Selecione a opção “Forçar a remoção deste controlador de domínio” e selecione a opção “Próximo”

Selecione “Continuar remoção” e “Próximo”.

 

Informe a senha de “Administrador”

Clique em “Rebaixamento”

Após o termino do procedimento o mesmo irá reiniciar o servidor automaticamente. Note que quando o servidor terminar de reiniciar ele irá subir sem a opção de user local do Servidor.

Efetue o logon no servidor e selecione a opção “Gerenciador de Servidor / Adicionar funções e recursos”

Selecione a opção “Adicionar funções e recursos”.

Com o “Assistente de Adição de Funções e Recursos” aberto, selecione a opção “Inicie o Assistente de Remoção de Funções e Recursos”

Em “Assistente de Remoção de Funções e Recursos” selecione a opção “Próximo”

Neste passo irá mostrar qual servidor você poderá desinstalar as funções, Selecione o Servidor e Clique “Próximo”.

 

Com a opção do Serviço de Domínio Active Directory selecionado, desmarque a opção aparecerá uma janela informando se deseja “Remover Recursos” clique nela.

A opção será desmarcada e clique em Próximo

Próximo

Selecione a opção para reiniciar o Servidor e Próximo.

Irá iniciar o processo de desinstalação da Features.

Após o termino clique em Fechar, ele irá reiniciar o Servidor e o Domain Controller e a Função de Active Directory também.

Em caso de dúvidas ou problemas na execução pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo artigo.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCGqCiZ6QDLEYJabVmgXFw6A/videos

Download da Nova Versão do Windows Server 2012 R2

windows-essentials-2012-18-700x393

Neste Artigo iremos mostrar o link para Download da nova versão do Windows Server 2012 R2.

O Novo Windows Server 2012 R2 está cheio de novidades, está na versão Preview.

Pode ser realizado o download de duas formas (.vdh) para ser utilizado em Hyper-V, ou (.iso).

Links para Download.

http://technet.microsoft.com/en-us/evalcenter/dn205286.aspx

Em caso de dúvidas ou problemas na execução pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo artigo.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: https://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCGqCiZ6QDLEYJabVmgXFw6A/videos

PowerShell ISE

windows-essentials-2012-18-700x393

Neste Artigo iremos aprender os passos necessários para uso do PowerShell ISE.

Ferramenta muito importante na elaboração de Script que vem disponibilizada no Windows 8 e Windows Server 2012.

Para acessar o PowerShell ISE terá que acessar o diretório C:Windows\System32\WindowsPowerShell\v1.0\powershell_ise.exe

Após isso será executado o PowerShell ISE conforme mostra a figura abaixo.

PowerShell - Inicio

Podemos utilizar de varias formas o PowerShell.

  1. No menu você pode criar varias linhas de script, podendo selecionar uma linha e executar com a Tecla “F5”, podendo ser salvo com a extensão  “.ps1”
  2. Tem a forma padrão do PowerShell que você pode executar o comando diretamente quando não é necessária a criação de Script.
  3. E por ultimo temos uma listagem com todos os comandos padrões que estão liberados para funcionamentos do PowerShell, lembrando que temos o menu de Busca pelo comando, por modulo e traz o que significa o comando.

Figura abaixo mostra as três opções citadas acima.

 

PowerShell - Fim

Em caso de dúvidas ou problemas na execução pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo artigo.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: https://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCGqCiZ6QDLEYJabVmgXFw6A/videos

Configurando o 802.1X Authenticated Wired Access no Windows Server 2012

Neste Artigo iremos aprender os passos necessários para implementação da Feature 802.1X Authenticated Wired Access.

A Feature 802.1X Authenticated Wired Access é voltada para implementação de segurança de redes para ambientes com e sem fio e( Trabalhando juntamente com equipamentos de Rede Wireless e Switches dos Maiores Fabricantes, por exemplo empresas como Cisco, 3COM, e outros mais).

Podendo ser usados nos padrões abaixo.

IEEE 802.1X – Padrão Baseado em portas de controle de acesso a rede que é usado para fornecer autenticação para redes sem fio.

IEEE 802.1X-Capable Wired Ethernet Switches – Para implementação do acesso com Redes com Fio, é necessário ter um Switch compatível com o 802.1X, e ter o modulo de RADIUS (Remote Authentication Dial-In User Service)

IEEE 802.3 Ethernet – Trabalha com as Camadas Layer-1 e 2, Geralmente implementado em ambientes de Rede (LAN) e em algumas aplicações de Rede (WAN).

Network Policy Server – Também conhecido como o (NPS), permite a configuração e gerenciamento de políticas de rede, ele utiliza três componentes, Servidor RADIUS, RADIUS PROXY, e o NPS (Network Access Protection) que é o servidor de Políticas.

Server Certificates – Utilizado para geração de Certificados Digitais para acessos externos. O mesmo pode ser utilizado pela própria ferramenta AD CS (Active Directory Certificate Services), mais aceita certificados digitais de outras empresas. (Por Exemplo VeriSign).

EAP – (Extensible Authentication Protocol) permitindo os métodos de autenticação adicionais que utilizam as credencias e troca de informações. Com autenticação EAP tanto o servidor e o cliente devem suportar o mesmo tipo de autenticação.

Para instalação e configuração da Feature 802.1X Authenticated Wired Access são necessário alguns pré Requisitos que serão mostrados em post Futuros só serão mencionados. Lembrando que é de extrema importância essa ordem abaixo.

AD DS (Active Directory Domain Services)

Network Policy Server,

AD CS (Active Directory Certificate Services)

Vamos lá.

Com o Network Policy Server instalado, para acessa-lo vá em “Server Manager”, NAP, no Servidor clique e selecione a opção “Network Policy Server”.

1

Na aba “Network Policy Server” Clique em “Configure NAP”

2 - Configure NAP

Nas configurações do NAP, Você terá algumas informações que já estão descritas no inicio do Post. Iremos selecionar a opção IEEE 802.1X (WIRED).

Por defalt é bom deixar o nome da “Policy Name” com o Padrão já utilizado. No exemplo “NAP 802.1X (Wired) e clique em “NEXT”.

3 - Selecionando NAP

Na próxima configure o Switch que irá receber o tipo de autenticação, Clique em “ADD”

7 - ADD

Realize as configurações de Nome do Switch / IP / e Clique em “Verify”, feito isso clique em “OK”

4 - Verify

Feito isso ele será adicionado à lista dos “RADIUS Clients” e Clique em “next”

OBS: Pode ser adicionados quantos Switches você quiser. Porem os mesmos preciso ter compatibilidade com o Protocolo.

5 - Switch Configurado

Efetuei a configuração dos Grupos e usuários que irão receber a Policy. E clique em “Next”.

6 - Configuração de Grupo

Após isso será validado o servidor de Certificado Digital e clique em “Next”

8 - Servidor

Os itens abaixo terá que ser configurado conforme sua rede. Selecionando toda parte do Trafego a existir nas Regras. Feito Clicar em “Next”.

9 - Traffic

Mantenha as opções selecionadas. Por Default ele vem como “Deny”,

Mantenha a opção como “Deny” e Clique em “Next”

10 - Allow

Pronto está configurado com as opções necessária para seu Funcionamento. Clique em Finish

11- Finishi

Ele voltará para a tela inicial configuração. 

Em caso de dúvidas ou problemas na execução pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo artigo.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: https://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCGqCiZ6QDLEYJabVmgXFw6A/videos

Passo a Passo para Instalação do Windows Server 2012

Neste Artigo iremos aprender como Instalar o Windows Server 2012 com as opções de Interface Gráfica.

O importante da interface grafica de um sistema é que ele nos ajuda a ter uma melhor operação dos Itens em que necessitamos no dia-dia de uma forma facil e rapida.

Requisitos minimos de instalação

  • Midia de instalação do Windows Server 2012
  • Processador de 1.4GHz
  • Memoria: 1024
  • HD: 40GB

Lembrando que esses pré-requisitos acima são minimos para instalação, sendo que quanto melhor o equipamento, mais rapidez voce terá no equipamento. Primeiramente de boot com o DVD do Windows 2012 Server. Logo após o carregamento do DVD apareça a tela abaixo. Selecione as opção de “Linguagem da Versão” , “Formato de Hora” , “Teclado” e Clique em “Next”

1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Clique em “Install Now”

2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Insira o Serial do Windows Server 2012. Lembrando que diferente de versões anteriores voce não consegue inserir o Serial depois da Instalação sendo um passo necessario agora no Windows Server 2012. Realizando esse passo clique em “Next”

3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Selecione a versão que deseja Instalar “Clique em Next”

4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Clique em “I Accept The License terms” depois “Next”

5

Selecione a opção ” Custom: Install Windows Only (Advanced)”

6

Logo após virá a tela do Disco “Selecione a opção do Disco e Clique em Next”

7

Feito isso ele começara a instalação do Windows Server 2012.

8

Após o termino da Instalação, ele irá que voce defina a senha de Administrador padrão para o primeiro acesso. Feito isso clique em “Finish”

9

Após selecione a opção de “ctrl + Alt+ Del”

11

Feito isso insira o Usuário e senha na qual voce definiu no passo anterior.

12

Após o Logon do usuario  aparecerá a Tela do “Server Manager” na qual mostra que os passos foram realizados com sucesso.

13

Em caso de dúvidas ou problemas na execução pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo artigo.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: https://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCGqCiZ6QDLEYJabVmgXFw6A/videos

Configurando GPO para WSUS 3.0 no Windows Server 2012

windows-essentials-2012-18-700x393 Configurando GPO para WSUS 3.0 no Windows Server 2012

Neste artigo iremos aprender como Criar uma GPO para WSUS 3.0 no Windows Server 2012.

Em seu servidor de Active Directory terá que ir até ‘Group Policy Management”

1

Em “Group Policy Management” Expanda o seu domínio até “Group Policy Objects”,

2

EmGroup Policy ObjectsClique com direito e selecione a opção “NEW”

Irá abrir uma caixa de diálogo no campo “Name” digite o nome da GPO, no exemplo chamará “WSUS” feito isso clique em “OK”

3

Em “Group Policy Management” terá criado a GPO “WSUS”, clique com direito na GPO e clique em “Edit” .

4

No “Group Policy Management Editor”, em “Computer Configuration” expanda a aba Police / Administrative Templates Policy / Windows Components / Windows Update.

5

Na tela abaixo você verá todas as opções possíveis para configuração de seus computadores da Rede e suas funcionalidades, irei mostrar as mais importantes para o Funcionamento do WSUS.

6

Iremos começar pelo “Do not display Install Updates and Shut down” Selecione a opção “Not Configured” e “Next Setting “

7

Em “Do not adjust default option to ‘Install Updates and Shut Down’ in Shut Down Windows Dialog box” Selecione a opção “Not Configured e “Next Setting”

8

Em “Enabling Windows Update Power Management to automatically Wake up the system to install scheduled updates” Selecione a opção “Not Configured” e “Next Setting”

9

Na Aba “Configure Automatic Updating” selecione a opção “Enabled”

Em “Options” na aba “Configure Automatic Updating” você tem quais opções deseja que ele realizei os updates e instalação com Notificação iremos manter a “Opção 2 – Notify for Download and notify for Install”

Em “Sheduled install day” selecione “0- Every day” e no “Scheduled install time” selecione a hora que você que os updates sejam instalados no nosso caso será as “03:00” Realizado isso Clique em “Next Setting”

10

Na Aba “Specify intranet Microsoft update servisse location” selecione a opção “Enabled” 

Em “Options” na aba “Set the intranet update services for detecting update” e “Set the intranet statistics server” mantenha o nome do seu servidor WSUS no caso ficará “http://srv-wsus01” 

e clique em “Next Setting”.

11

Na opção de “Automatic Updates Detection Frequency” selecione a opção “Enabled” e Configure o intervalo de Horas. Feito isso clique em “Next Setting”

12

Em “Allow non-administrators to receive updates notifications” selecione a opção “Enabled” e Clique em “Next Setting”.

13

Em “Turn on Software Notification” selecione a opção “Enabled” e Clique em “Next Setting”.

14

Em “Allow Automatic Updates immediate installation” selecione a opção “Not Configured” e Clique em “Next Setting”.

15

Em “Turn on recommended updates via Automatic Updates” selecione a opção “Enabled” e Clique em “Next Setting”.

16

Em “No auto-restart with logged on users for scheduled Automatic Updates installations” selecione a opção “Not Configured” e Clique em “Next Setting”.

17

Em “Re-prompt for restart with scheduled installations” selecione a opção “Not Configured” e Clique em “Next Setting”.

18

Em “Delay Restart for scheduled installations” selecione a opção “Enabled” em “Options” defina o intervalo de horário que por padrão é de “5minutos” e Clique em “Next Setting”.

19

Em “Reschedule Automatic Updates sheduled installations” selecione a opção “Not Configured” e Clique em “Next Setting

20

Em “Enable client-side targeting” selecione a opção “Enabled” em “Options” defina o Grupo “Servidores” e Clique em “Next Setting”.

21

Em “Allow signed updates from na intranet Microsoft updates service location” selecione a opção “Not Configured” e Clique em “Ok”

22

Em Group Police Management Editor ficará como a imagem abaixo. Sendo assim pode fechar essa janela abaixo.

23

Na tela Group Policy Management conceda a permissão de “Domain Computers”

24

Agora iremos inserir a GPO na “OU” que tenho meus servidores para funcionamento do WSUS.

Selecione a “OU” desejada e clique com o Direito e selecione a opção “Link na Existing GPO”

25

Seleciono a GPO Chamada “WSUS” e clico em “OK”

26

Após esse ´procedimento a GPO está aplicada na OU, você tem a opção e “Enforced” que força a aplicação da GPO nos equipamentos. Realizando esse procedimento a GPO ficará igual a imagem.

27

Realizados esses procedimentos acima você poderá na máquina cliente executar alguns comandos.

  1.  “gpupdate /force” – Para força a GPO no CLient
  2.  “gpresult –r” te mostra se a GPO foi aplicada.

Em caso de dúvidas ou problemas na execução pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo artigo.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: https://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCGqCiZ6QDLEYJabVmgXFw6A/videos