Review da Prova Azure Infraestrutura 70-533

Review da Prova Azure Infraestrutura 70-533

Caro leitor, seja bem-vindo ao Blog Jefferson Castilho.

Fico muito grato com sua visita, o tema de hoje é, Review da Prova Azure Infraestrutura 70-533

Para quem não sabe passei na Prova do Azure 70-533 – Implementing Microsoft Azure Infrastructure Solutions.

E como há muito pouco material na internet, achei interessante fazer o Review.

Minha rotina de estudos foi de 3 horas por dia, durante 3 semanas. Mais especificamente a noite!

Nesta prova caíram muitos recursos dentre eles estão abaixo.

  • SQL AZURE
  • Virtual Machines
  • VPN SITE TO SITE
  • EXPRESS ROUTE
  • Deployment Slots
  • Script JSON
  • Backup Geo Redundant /Local Redundant / SQL AZURE
  • Availability Set
  • AD Sync / Active Directory / Azure AD
  • Virtual Network

E segue mais alguns materiais que usei para o Estudo da Prova

O Livro Exam Ref 70-533 Implementing Microsoft Azure Infrastructure Solutions, 2nd Edition.

Link do E-Book

O Skill da prova, este recurso ajuda bastante a ter uma orientação e sempre atualizado.

Link Skill Prova

E o Curso do PluralSign este me ajudou a entender algumas funcionalidades do Azure.

O Curso é em Inglês

Link do Curso

A minha prova consistiu em 39 questões, no qual a fiz ela em Inglês por que eu acho que tenho um melhor entendimento dos termos técnicos

Lembrando que a Prova tem português para quem tem dificuldades com a Língua.

Neste vídeo mostro mais algumas informações sobre a prova.

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Criando uma Assinatura do SendGrid Microsoft Azure

Criando uma Assinatura do SendGrid no Microsoft Azure

Caro leitor, seja bem-vindo ao Blog Jefferson Castilho.

Fico muito grato com sua visita, o tema de hoje é, Como criar uma Assinatura do SendGrid no Microsoft Azure.

Para quem não sabe o SendGrid é um recurso de e-mails muito utilizado em aplicações que precisam ter o recurso de encaminhar e-mails.

Com ele podemos compartilha nossos conteúdos por e-mail de seu blog, aplicação, e outro serviços que necessitam de e-mails.

Com uma informação importante no Azure (Você pode criar uma conta “Free” que te dá suporte de 25.000 e-mails mensais).

Sendo renovados a partir do dia que foi feita a criação do Recurso.

Importante validar com esse recurso voce pode fazer upgrade do Plano a qualquer momento sem gerar indisponibilidade.

O Plano está na Modalidade SAAS (Software as a Services) com isso a Microsoft te garante a disponibilidade com o SLA.

Neste vídeo vou mostra como poddemos criar essa assinatura e como podemos habilitar nos modos de API / SMTP.

Com esse vídeo acima aprendemos a como alterar a porta padrão linux dentro do Azure.

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Adicionando um VHD em uma VM no Azure

Caro leitor, seja bem-vindo ao Blog Jefferson Castilho.

Fico muito grato com sua visita, o tema de hoje é. Adicionando um VHD em uma VM no Azure.

Neste artigo mostro como podemos adicionar um VHD secundário dentro de uma VM no painel do Azure. Com isso podemos adicionar diversos discos dependendo do cenário que temos em nosso dia-dia.

Para assistir o vídeo assista o link abaixo que você será redirecionado para meu canal do Youtube aonde explico com o tutorial super simples.

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

 

Instalando a Feature do Hyper-V no Windows 10

Instalando a Feature do Hyper-V no Windows 10

Caro leitor, seja bem-vindo ao Blog Jefferson Castilho.

Fico muito grato com sua visita, o tema de hoje é. Instalando a Feature do Hyper-V no Windows 10

Para quem não sabe, o Hyper-V é o sistema de Virtualização da Microsoft Nativo do Windows Server 2008 que vem sendo melhorados nas versões mais atuais.

Hoje irei explicar como podemos utilizar ele no Windows 10. Isso mesmo dentro do Windows Client nas Versões do Windows 10 Profissional / Enterprise podemos utilizar esta feature.

No link abaixo eu fiz um vídeo que eu explico o mesmo passo a passo do artigo abaixo.

Link do Vídeo

Selecione a opção “Programs and Features”.

Selecione a opção chamada “Turn Windows feature on or Off”.

Em “Windows Feature” selecione a opção chamada “Hyper-V” e as demais opções do Hyper-V descritas na imagem abaixo.

Iniciará o processo de instalação da Feature do Hyper-V no Windows 10.

Neste processo já estamos aplicando as configurações do Hyper-V.

O processo foi concluído com sucesso, selecione a opção “Restart Now”.

Após o processo de Restart podemos selecionar o menu iniciar e digitar “Hyper-V Manager”.

Com isso teremos a feature do Hyper-V Instalada no Windows 10.

Neste artigo aprendemos como instalar o Hyper-V no Windows 10. Um recurso bastante utilizado para os administradores de redes.

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Habilitando o Nested Virtualization no Windows 10

Habilitando o Nested Virtualization no Windows 10

Caro leitor, seja bem-vindo ao Blog Jefferson Castilho.

Fico muito grato com sua visita, o tema de hoje é. Habilitando o Nested Virtualization no Windows 10.

Para quem não conhece o Nested Virtualization é o recurso que você pode virtualizar o Hyper-V dentro de uma máquina virtual. Isso mesmo dentro de uma máquina Virtual.

No vídeo mostro todo o processo de como habilitar o Nested Virtualization.

Neste vídeo mostro como podemos habilitar o Nested Virtualization para que possamos instalar o Hyper-V dentro de uma VM no Windows 10. Para isso temos que ter alguns cuidados.

  • A máquina virtual que hospedará o Hyper-V tem que ter 4GB de memória.
  • Desabilitar o Dinamic Memory

nestedvirtualization1

  • A VM tem que ter 2 VCPU´s ou mais.

nestedvirtualization2

  • Temos que habilitar a opção chamada MAC Address Spoofing.

nestedvirtualization3

Após estes procedimentos estamos aptos a executar os comandos para habilitar o Nested Virtualization.

Para efetuar a configuração são necessárias a execução do comando “Get-VM” listar as VM´s que iremos selecionar para a configuração.

GET-VM

nestedvirtualization4]

Com o comando abaixo podemos validar as informações da VM e validar o recurso chamado “ExposeVirtualizationExtensions” que está com a opção “false” o mesmo é responsável por habilitar a opção do Hyper-V Plataform.

Para isso devemos executar o comando “Get-VMProcessor -VMName NOME DA VM | FL *” que teremos as informações do recurso.

nestedvirtualization5

E por último temos que habilitar a opção chamada “ExposeVirtualizationExtensions” que fica “True”.

Set-VMProcessor -VMName NOMEDAVM -ExposeVirtualizationExtensions $true

nestedvirtualization6

Após isso teremos a opção do “Hyper-V Plataform habilitada no Windows 10.

Neste artigo aprendemos como habilitar o Nested Virtualization dentro do Windows 10.

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Meetup Azure Friday – Gravação e Fotos do Evento

Caro leitor, seja bem-vindo ao Blog Jefferson Castilho.

Fico muito grato com sua visita, o tema de hoje é. Meetup Azure Friday – Gravação e Fotos do Evento.

O Evento foi um sucesso tivemos em torno de 30 pessoas com muitas perguntas e duvidas sanadas com o nossos palestrantes.

Para quem não teve a oportunidade de participar do evento. realizamos a gravação no Youtube que está disponibilizado no Link abaixo.

Link

Abaixo temos algumas fotos do Evento.

meetupazurefriday-1 meetupazurefriday-2 meetupazurefriday-3 meetupazurefriday-4 meetupazurefriday-5 meetupazurefriday-6 meetupazurefriday-7 meetupazurefriday-8 meetupazurefriday-9 meetupazurefriday-10 meetupazurefriday-11 meetupazurefriday-12 meetupazurefriday-13

Acompanhe os nossos demais eventos pelo Link abaixo. se cadastre para ficar sabendo das demais novidades do Canal do Meetup.

Para se cadastrar clique no Link abaixo.

Link para Acesso

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

 

Usando o Kudu dentro do WebApp no Microsoft Azure

Usando o Kudu dentro do WebApp no Microsoft Azure

Caro leitor, seja bem-vindo ao Blog Jefferson Castilho.

Fico muito grato com sua visita, o tema de hoje é. Como usar o Kudu dentro do WebApp no Microsoft Azure.

Para quem não sabe o Kudu é uma ferramenta muito utilizada para resolução de problemas dentro da Solução de WebApp (AppSites) dentro do Microsoft Azure.

Com ele podemos utilizar uma console do Prompt de Comando / PowerShell com algumas limitações mais que nos ajuda a resolução de problemas.

Vamos ao tutorial

Para acessar o Kudu dentro de uma WebApp temos a URL do WebApp que está na imagem abaixo.

kudu

Na URL acima temos o endereço do http://testea.azurewebsites.net nesta URL temos a página padrão do WebApp.

kudu01

Para acessarmos o Kudu temos na URL do WebApp temos que inserir está três palavras “SCM” para que a URL fique desta forma http://testea.scm.azurewebsites.net após a inserção você será redirecionado para a página de login do Azure.

Para usar o Kudu você tem que estar autenticado com o seu usuário e com permissão para acessar as informações do WebApp.

No navegador digite a URL http://testea.scm.azurewebsites.net respeitando o WebApp que você quer acessar.

kudu02

Após isso você será redirecionado para a página de Login do Azure.

kudu03

Quando efetuado o login você já estará apto a usar o Kudu. Vide imagem abaixo.

kudu04

Na aba “Environment” temos todas as informações de Hardwares e variáveis do WebApp.

kudu05

Na Aba “Debug” console temos as opções de PowerShell e CMD Console. Com ele podemos realizar manutenção nestes ambientes.

kudu06

Console do Prompt de Comando.

kudu07

Console do PowerShell.

kudu08

Na aba “Process Explorer” ele traz a execução de todos os processos que estão sendo executados no WebApp.

kudu09

Em “Tools” temos diversas ferramentas que podemos trabalhar para termos um Troubleshooting mais assertivo.

kudu10

Em “Site Extensions” temos as opções de instalar extensões que nos podem ajudar em algumas necessidades.

kudu11

Em “Gallery” temos algumas aplicações que podemos instalar dentro do WebApp.

kudu12

Neste artigo trouxemos um pequeno Overview da ferramenta Kudu dentro do WebApp. Uma ferramenta muito poderosa que poucas pessoas conhecem.

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Meetup Azure Friday São Paulo na Lambda3

meetup azure

Meetup Azure Friday São Paulo na Lambda3

Caro leitor, seja bem-vindo ao Blog Jefferson Castilho.

Fico muito grato com sua visita, o tema de hoje é Meetup Azure Friday São Paulo.

Nesta 25/11 teremos nosso primeiro Meetup de Azure no qual os Organizadores Jefferson Castilho, Renato Groffe e Nicolas Takashi junto com o nosso patrocinador a empresa Lambda3 traremos esse super evento com 3 MVP’s que irão falar sobre Azure.

Primeiro meetup do Azure Fridays Sâo Paulo, nesse meetup vamos batermos um bom papo e trocar conhecimentos sobre Microsoft Azure.

Nesse primeiro encontro vamos conversar sobre alguns assuntos interessantes de alguns serviços oferecidos pelo Azure, entre eles estão:

• Azure Container Services – Giovanni Bassi – Lambda3

• NoSQL na nuvem: conhecendo o DocumentDB – Renato Groff

• Você e uma pessoa só, autentique-se uma unica vez – Igor Abade – Lambda3

Para se cadastrar clique no Link abaixo.

Link para Acesso

Ficou interessado no evento que ocorrerá dia Sex, 25 de nov as 19:00hrs. 

Endereço: Av. Angélica, 2318 – 1o andar, São Paulo

Esperamos você no evento.

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Alterando TimeZone de um WebApp no Microsoft Azure

Alterando TimeZone de um WebApp no Microsoft Azure

Caro leitor, seja bem-vindo ao Blog Jefferson Castilho.

Fico muito grato com sua visita, o tema de hoje é Alterando TimeZone de um WebApp no Microsoft Azure.

Em uma demanda interna precisei realizar alteração do Timezone de um WebApp do Azure para o Timezone de Brasil devido a uma aplicacao no qual iremos aprender abaixo.

Para isso precisamos validar em qual timezone o WebApp está configurado. Neste ambiente efetuamos os testes via Kudu.

No Kudu iremos entrar no PowerShell e digitar o comando “Get-Date”

webapp

Para validar em qual o Time Zone temos configurado, digite o comando “[System.TimeZone]::CurrentTimeZone” sem as aspas.

webapp7

Para iniciar o processo de alteração de seu Timezone para isso temos que realizar no portal do Azure dentro das configurações do WebApp.

Já logado no portal do Azure podemos acessar o WebApp em questão.

webapp1

Após isso iremos seleciona a opção “Application settings”.

webapp2

Vide as informações abaixo.

  1. Vá até a opção “App settings”.
  2. Insira no primeiro a opção “WEBSITE_TIME_ZONE” responsável por localizar o registro do WebApp.
  3. Nesta opção iremos inserir qual o “TimeZone” queremos para a WebApp, em nosso exemplo iremos trabalhar com o de Brasília “E. South America Standard Time”.
  4. Após ter realizado todos os passos acima clique em “Save”.

webapp3

Para o processo ser ativado precisamos efetuar o processo de parar o WebApp.

  1. Selecione a opção de “Overview”.
  2. Selecione a opção de “Stop”.

webapp4

Depois selecionamos a opção chamada “Start”.

webapp5

Quando realizarmos o Start do WebApp o processo é ativado e suas alterações aplicadas.

webapp6

Quando o WebApp estiver ativo novamente voltaremos no Kudu e efetuaremos os mesmos procedimentos que efetuamos no começo do post utilizando o powershell.

Vide imagem abaixo.

webapp8

Neste artigo mostro como você pode alterar as configurações de Timezone dentro do WebApp.

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Como criar um Resource Groups dentro do Microsoft Azure

Caro leitor, seja bem-vindo ao Blog Jefferson Castilho.

Fico muito grato com sua visita, o tema de hoje é Como criar um Resource Groups dentro do Microsoft Azure.

Para quem não sabe o Resource Groups do Microsoft Azure, serve para que você possa criar grupos de forma organizada de seus recursos de uma forma que você pode separar seus ativos mantendo uma segmentação para suas VM´s, VNet e outros recursos.

Neste artigo abaixo vou mostrar como criamos um Resource Group.

Vamos a mão na Massa.

Para isso realize  o acesso pela URL Link para Site do Azure Clique aqui , e efetue logon com seu usuário e senha.

Resource Groups 5

Já logado no portal do Azure, temos que “clicar” na opção chamada “Resource groups”.

Resource Groups 1

Na Aba chamada “Resource groups” podemos selecionar a opção “Add” que iremos adicionar um novo Resource Groups.

Resource Groups 2

Resource groups para criar precisamos seguir alguns passos abaixo.

  1. Em “Resource group name” é aonde definimos o nome de seu Resource groups que no exemplo abaixo será “testeblog”.
  2. Em “Subscription” selecionamos qual assinatura queremos criar o Resource groups.
  3. Em “Resource group location” é em qual Datacenter da Microsoft iremos criar este Resource Groups, no exemplo abaixo iremos manter a opção “South Central US”.
  4. Em “Pin to Dashboard” podemos manter este Resource groups na tela inicial (Home) de seu portal do Azure.
  5. Em “Create” iniciamos o processo de criação do Resource groups, após ter seguido todos estes passos clique em “Create”.

Resource Groups 3

Será iniciado o processo de criação, após o termino irá aparecer um pop-up no canto superior a direita da tela com as informações abaixo.

Resource Groups 4

Caso queira visualizar o processo de criação clique em cima do Pop-up e abrirá as informações do processo. Quando quiser voltar para as opções do Resource groups clique na “Caixinha” conforme descrito na seta abaixo.

Resource Groups 5

Como podemos ver o Resource groups chamado “testeblog” foi criado com sucesso.

Resource Group 6

E para finalizar clicamos nele e teremos todas as opções disponíveis no Resource groups chamado “testeblog”.

Resource Groups 7

Bom neste artigo aprendemos a como criar um Resource groups dentro do Microsoft Azure.

Você conhece as minhas redes sociais? E meu canal no Youtube? Caso não acesse nos links abaixo e se cadastre para não perder as oportunidades de receber os links quando forem publicados.

Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL

Twitter: https://twitter.com/je_will

Em caso de dúvidas ou problemas na execução, pode deixar seu comentário que em breve responderemos.

Obrigado e até o próximo post.

Jefferson Castilho
Certificações: MPN | MCP | MCTS | MCTIP | MS | MCSA |  MCSE | MCT | MVP (Cloud and Datacenter Management)
Blog: http://jeffersoncastilho.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/blogjeffersoncastilho
Youtube: https://goo.gl/1g3OvL